Iº Encontro de Partilha de Experiências das UCCI’s

Profissionais dos Cuidados Continuados partilham experiências na Radelfe

O Iº Encontro de Partilha de Experiências das Unidades de Cuidados Continuados Integrados (UCCI) permitiu concluir que “os principais constrangimentos sentidos na Radelfe, são similares aos que se fazem sentir nas várias unidades do norte do país”, concluiu a Directora Técnica Enf. Constança Carneiro, no final deste encontro que reuniu meia centena de profissionais oriundos das UCCI’s do norte do país.
Segundo a responsável técnica das unidades da Radelfe, entidade que dinamizou a única iniciativa do género na região norte, “estes problemas prendem-se com a falta de orientação e regulamentação de alguns procedimentos, já denunciados á Unidade de Missão dos Cuidados Continuados”.
O Iº Encontro de Partilha de Experiências decorreu no passado sábado (29 Janeiro), na Radelfe, em Paços de Ferreira, onde a administração da clínica anfitriã recebeu os participantes e as representantes da Equipa de Coordenação Regional (ECR) da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI), enfermeiras Elvira Silva e Paula Duarte.
Neste encontro foi ainda lançado o repto para a realização de um segundo, numa outra unidade de Cuidados Continuados.

A rede de cuidados continuados integrados
As UCCI’s fazem parte de uma rede nacional (RNCCI), criada pelos Ministérios do trabalho e da Solidariedade Social e da Saúde, formada por um conjunto de instituições públicas e privadas, que prestam cuidados continuados de saúde e de apoio social. Este novo modelo organizacional promove a continuidade de cuidados de forma integrada, a pessoas em situação de dependência e com perda de autonomia.
O acesso a estes Cuidados Continuados Integrados é feito através das Equipas de Gestão de Altas (EGA) sedeadas nos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (quando os doentes estão hospitalizados) ou através dos Centros de Saúde (Médico, enfermeiro de família e/ou assistente social) em coordenação com as Equipas Coordenadoras Locais (ECL) que referenciam os doentes e nunca directamente nestas unidades.
Na Radelfe, em Paços de Ferreira, funcionam desde 16 de Fevereiro de 2009 duas unidades com um total de 49 camas: uma de média duração e reabilitação (22) e outra de longa duração e manutenção (27). Inauguradas oficialmente em Maio de 2009 com a presença do Primeiro-ministro, José Sócrates, estas unidades têm mantido uma elevada taxa de ocupação e gerado elevado índice de satisfação aos utentes destes novos serviços prestados à população.

Nota:
Para qualquer esclarecimento adicional sobre o encontro p.f. contactar a Enf. Constança Carneiro pelo telemóvel 916724432.

Leave a Comment